segunda-feira, 17 de maio de 2010

Leva-me


Em teus sonhos, teus olhos, teus braços. Leva-me. Quando pensares, chorares, sorrires, quando te cobrires de porvires, leva-me. E traga-me contigo nos maiores encantos, reconhece minha face surpresa nas grandes descobertas, nas maiores saudades e nos cataclismas. Prende tuas heras aos meus braços quando caires e lembra-te dos beijos de olhos fechados quando a esperança se apartar de ti e não mais puderes seguir adiante. Oro para que sejas incapaz de abandonar o amor, porque o amor sentido (ainda que conjugado no pretérito perfeito) basta a si mesmo e as marcas que deixa são suficientemente poderosas para acalentar corações absortos. Eleva-te. Busca-me. Leva-me.

3 comentários:

Isaac Melo disse...

Oi Belle,
sabe, estava já com saudade de vc.
Venho sempre aqui. Aqui tem sempre textos maravihosos. Vc escreve primorosamente.

Um abração!

Belle disse...

Obrigada amore! é sempre muito bom te visitar também, viu? E continue vindo, sempre e sempre. Beijocas.

ErikaH Azzevedo disse...

Qdo amamos e somos amados , temos parte do outro em nós e parte de nós no outro, é por isso que é dificil seguir inteira... o que podemos é refazer em nós a parte que ficou pra trás. Ainda assim amar vale imensamente a pena. Que seja sempre intenso...que seja sempre intenso assim...

Lindo demais Belle..

Bjo grande

Erikah