quarta-feira, 19 de maio de 2010

A pobreza não deveria ser uma sentença de vida


O anúncio fala por si. Resolvi divulgar porque há muita coisa que ultrapassa nossos próprios umbigos acontecendo por aí, e pra mim uma das mais graves, estapafúrdias e odiosas é a segregação social: aquela que separa seres humanos iguais (vida Declaração Universal dos Direitos Humanos) tendo por base conceitos inventados. Olhe nos olhos das pessoas que passarem pelo seu caminho hoje, por mais mal vestidas, mal cheirosas ou desdentadas que sejam: elas nasceram como você, com todas as infinitas possibilidades que você nasceu! Doe um sorriso àqueles que encontrar sem discriminar a cor, a posição, a aparência! Faça algo de concreto por alguém, sem aguardar que se alardeie sua enormidade aos quatro cantos. Seja gente! Ajude a salvar a solidariedade, o amor, a igualdade.

4 comentários:

lucidreira disse...

É, realmente este tipo de discriminação é im dos que doí mais nos sere humanos mais sensíveis e integrado ao processo.
Gostei do poster, como diz o ditado, "curto e grosso" porém direto.
Abraço

Guará Matos disse...

Discriminação é um cocô!
Essa gente merdinha que discrimina, fede a nojo.
Bjs

Wanderley Elian Lima disse...

Olaá Belle
Realmente a segregação social é uma vergonha. Não sei porque determinada pessoas se acham melhores que outras, só porque são mais rica. No fim vai todo mundo pro mesmo buraco.
Beijos

ErikaH Azzevedo disse...

Que bonito esse teu post minha flor.

Exercitar o sentimento de equidade é algo que pouco se vê....e esquecemos que mesmo com raça , classe, cultura , religião, mesmo com tudo diferente ainda somos feitos todos da mesma matéria...de sonhos. Que possamos então tornar a realidade do outro menos dura ...sempre , sempre , sempre. Deixar o outro sonhar...

Imprimir o sentido da humanidade no olhar...

Um beijo querida

Erikah