quarta-feira, 31 de março de 2010

BBB 10

O cara solta frases do estilo "heretossexual não transmite AIDS!!" E tudo bem? Kã-kã!!! Nã-nã-ni-nã-não. Tem alguma coisa muito errada nisso tudo. Permaneço do lado de cá do enorme circo da globo entretainment television, resistindo à morte prematura de gênios como Pedro (o Bial). Prefiro crer que pra ser primeiro lugar mundial, bastaria ser você com suas dúvidas e medos. Sobram meia dúzia de amigos verdadeiros (let's, te amo!), com histórias verdadeiras, dramas verdadeiros, dores genuínas, histórias que valem parar pra escutar. Vidas daquelas pras quais a gente faz uma fogueira em torno do Rio Paranã (dá-lhe saudade) e senta e contempla e toma um porre de vinho barato e fica olhando uns pros olhos dos outros até que aquela lua luminosa, generosa, plena, vire sol. Até que não haja nada de você sobre que não duvide. Até que suas certezas se transformem em cadafalsos. Até que você se encontre. Até que haja clemência, humanidade, zelo. Até que haja amor.

3 comentários:

Isaac Melo disse...

Oi Belle,
a mim, o BBB reflete grande parte dos brasileiros, seres apáticos que gostam de barracos e da vida alheia. São sempre expectadores e nunca agentes de sua própria história.
Se recusam a comprar um livro,investir em cultura, mas realizam milhões de ligações para um programa desse. Alguma coisa está errada.

Um grande abraço!

Wanderley Elian Lima disse...

Há uma inversão total de valores para o povo brasileiro. Um cara cujo único argumento que tem são os músculos, ser o preferido do público é lamentável.
Beijos

Guará Matos disse...

Querida,
Lhe confesso não assistir esses "negocinhos". Não gosto e tenho uma tremenda antipatia por esses programas. Mas não patrulho quem gosta. Sobre a genialidade do Bial, sei não!
Bjs.